Disco Nota 11: “Radio-Activität” – Kraftwerk

Paulo Fernandes  .  A ORIGEM DA MÚSICA ELETRÔNICA Datam do final do século XIX as primeiras manifestações no desenvolvimento de instrumentos musicais eletrônicos. O princípio teórico, utilizado até hoje, era a produção de diferentes frequências sonoras por indução eletromagnética e controladas por teclados. Verdadeiros trambolhos, pesando algumas toneladas, esses bisavôs dos sintetizadores eram pouco práticos…

Disco Nota 11: “Violator” – Depeche Mode

Paulo Fernandes . A confissão de Neil Tennant (Pet Shop Boys) sobre “Violator”: “Estávamos ouvindo “Violator” do Depeche Mode, um álbum muito bom, e ficamos com profundos ciúmes dele”, é bastante significativa. Afinal, naquele início de década de 1990 o Pet Shop Boys era o grupo mais bem sucedido dentro do segmento pop eletrônico, o…

Anos 70 para sempre na memória: Bazar Paulistinha

Paulo Fernandes   . BAZAR PAULISTINHA: O PRIMEIRO AMOR A GENTE NUNCA ESQUECE Eu a conheci em Goiânia. Não me lembro bem quando, em algum momento entre 1972 e 1974. Quem era essa que me fazia sonhar de olhos abertos? Uma discoteca (que fique claro: loja de discos) chamada Bazar Paulistinha. Adolescente tímido, míope e…

New Order ou como o Joy Division dança

Paulo Fernandes   A TRISTE DIVISÃO DA ALEGRIA O Joy Division começou em 1976 no auge do punk rock inglês. Ian Curtis (vocais), Bernard Sumner (guitarra e teclados), Peter Hook (baixo e vocais) e Stephen Morris (bateria e percussão) logo passaram para a estética pós-punk, agregando uma alta dose de melancolia e depressão, reforçada pelas letras sombrias e o…