Disco Nota 11: “Rising” – Rainbow

O guitarrista Ritchie Blackmore foi um dos fundadores do Deep Purple em 1968 e um dos principais responsáveis por definir a sonoridade do grupo em sua segunda e melhor formação, entre 1969 e 1973. Em 1975, confirmando sua fama de “difícil”, ele deixou a banda contrariado com o direcionamento musical que ela estava tomando, ao…

Músicas inspiradas por Filmes

. A ARTE IMITA A ARTE Uma trilha sonora bem escolhida valoriza muito um filme. Existem as trilhas adaptadas – que utilizam músicas pré-existentes – e as trilhas originais, nas quais as músicas são compostas especialmente para o filme. Nosso tema aqui é o caminho inverso das trilhas originais: são situações de quando um filme serve…

Disco Nota 11: “Made in Japan” – Deep Purple

Paulo Fernandes   Eu sempre preferi discos de estúdio a discos ao vivo, mas dizem que para toda regra há uma exceção. O fato é que, para mim, certos artistas conseguiram produzir discos ao vivo que superaram seus melhores trabalhos em estúdio. Este é o caso do Deep Purple. . MOMENTO ESPECIAL DE UMA BANDA…

Balas, Balaços e Baladas do Baleiro

Paulo Fernandes   Há algum tempo fui indiretamente provocado e o questionamento não formulado poderia ser: – Por que você gosta de músicos que fazem sempre a mesma coisa? Não sei dizer exatamente o porquê, mas eu gosto. Essa “mesma coisa” pode significar utilizar os elementos musicais já utilizados em trabalhos anteriores e ainda assim…

Deep Purple: Sombras de Púrpura Escuro

Fábio Finotti   Uma das mais longevas bandas da história do Rock, o Deep Purple esteve desde cedo em minha vida por influência de meu irmão mais velho que possuía vários discos em vinil, entre eles o “Machine Head” com sua capa de rostos distorcidos, ou mesmo o “In Rock” com o Monte Rushmore composto…

Disco Nota 11: “Blackout” – Scorpions

Paulo Fernandes . ROCK PAULEIRA No início da década de 1970 tínhamos um nome, que eu acho muito bom, para definir o rock pesado: Rock Pauleira. Para mim os representantes máximos dessa “corrente” eram o Led Zeppelin e o Deep Purple. Vocês devem estar se perguntando – E o Black Sabbath? Bem, esta ficava muito…

Disco Nota 11: “Radio-Activität” – Kraftwerk

Paulo Fernandes  .  A ORIGEM DA MÚSICA ELETRÔNICA Datam do final do século XIX as primeiras manifestações no desenvolvimento de instrumentos musicais eletrônicos. O princípio teórico, utilizado até hoje, era a produção de diferentes frequências sonoras por indução eletromagnética e controladas por teclados. Verdadeiros trambolhos, pesando algumas toneladas, esses bisavôs dos sintetizadores eram pouco práticos…

Uriah Heep: Peso progressivo

Paulo Fernandes   VIRADA PROGRESSIVA E METÁLICA Dentre as inúmeras vertentes nas quais o rock se desdobrou na virada da década de 1960 para a de 1970, uma em especial muito me agrada: aquele estilo de rock que era progressivo e pesado ao mesmo tempo e rendeu ótimas bandas como Deep Purple e Uriah Heep.…

Black Sabbath – As várias faces do medo

Fábio Finotti   AS VÁRIAS FACES DO MEDO O Black Sabbath foi uma das primeiras bandas de rock que tive o prazer de ouvir, ainda sob a influência de meu irmão mais velho. O primeiro disco que escutei foi justamente o primeiro da banda, também chamado “Black Sabbath”, cuja capa aparece um velho e lúgubre moinho…

The Galo Power: A força do Passado no Presente

Paulo Fernandes . ROCK E CERVEJA Conheci o Thomas graças à minha filha Carolina. Em algum sábado de 2012, Carolina chegou aqui em casa com seus amigos: Leandro, Paula, Thomas e Melina. O sol ainda estava alto e ficamos ouvindo alguns discos da minha coleção. Uma coisa chamou-me bastante a atenção, o fato de Thomas gostar de…