Músicas inspiradas por Filmes

. A ARTE IMITA A ARTE Uma trilha sonora bem escolhida valoriza muito um filme. Existem as trilhas adaptadas – que utilizam músicas pré-existentes – e as trilhas originais, nas quais as músicas são compostas especialmente para o filme. Nosso tema aqui é o caminho inverso das trilhas originais: são situações de quando um filme serve…

The Libertines: Pós-Punk com Marquês de Sade

Paulo Fernandes . RELAÇÕES DE AMOR E ÓDIO Centrada em Carl Barât e Pete Doherty, a banda inglesa The Libertines, que iniciou sua trajetória em 1997, ganhou notoriedade no início da década de 2000, tanto por sua música quanto pelos “barracos” internos. Seguindo a linha independente (ou se preferirem: indie rock) que foi buscar inspiração…

MC5: Arrebentando Tudo

Paulo Fernandes PUNK NA DÉCADA DE 60? Pois é! Dentre tantos gêneros atribuídos ao grupo Motor City Five ou simplesmente MC5, oriundo de Detroit (A Cidade do Automóvel), está o de precursor do punk. Isto se deve a alta combustão da mistura de rock agressivo e política que eles faziam e que seria a tônica…

Disco Nota 11: “Blackout” – Scorpions

Paulo Fernandes . ROCK PAULEIRA No início da década de 1970 tínhamos um nome, que eu acho muito bom, para definir o rock pesado: Rock Pauleira. Para mim os representantes máximos dessa “corrente” eram o Led Zeppelin e o Deep Purple. Vocês devem estar se perguntando – E o Black Sabbath? Bem, esta ficava muito…

Juntos Estamos de Pé, Divididos Caímos

Paulo Fernandes   “Together We Stand, Divided We Fall”. Esse verso encerra a música Hey You, minha preferida do álbum “The Wall” do Pink Floyd. Encerra também uma constatação: a balança tinha pendido para o lado de Roger Waters. Com “The Wall”, Waters tomou para si, de forma até autoritária, a tarefa de ditar os…

Disco Nota 11: “Sandinista!” – The Clash

Paulo Fernandes   .  A HORA DO ESPANTO Quando coloquei o primeiro dos 6 lados do álbum “Sandinista!” do Clash para tocar, levei um tremendo choque: – Cadê o rock? Funk pré-rap, soul, reggae, disco music. – Achei! (5ª faixa, na verdade um rockabilly!) Confuso, penso em mil coisas. Respiro fundo, viro o disco e…

Viagens Musicais

Paulo Fernandes . “MEXERAM NA MINHA GULLIVER” No filme “Laranja Mecânica”, adaptação de Stanley Kubrick para o livro de Anthony Burgess, a música tem papel preponderante, tanto que em muitas vezes ela está em primeiro plano, dominando a tela. É por isso que gosto tanto desse filme e da obra de Kubrick, que tanta importância…

Disco Nota 11: “Mamonas Assassinas” – Mamonas Assassinas

Paulo Fernandes A UTOPIA DO “COUVER” Apenas 7 meses durou a carreira dos Mamonas Assassinas, de julho de 1995 a março de 1996. Tempo suficiente para deixarem seu nome eternizado na história da música brasileira. É bom lembrar que antes de se tornarem um fenômeno cultural, infelizmente efêmero, os rapazes batalhavam desde 1990, fazendo rock…

The Kinks Really Got You

Simone Souza   PARTE 1 – THE KINKS Os Kinks foram mais uma banda da invasão britânica. Formada em 1964, iniciou sua carreira de sucesso com o single You Really Got Me, terceiro lançado por eles (Long Tall Sally, um cover, foi o primeiro, e You Still Want me o segundo) no mesmo ano, e…

Disco Nota 11: “London Calling” – The Clash

Paulo Fernandes     PUNK ROCK Uma convergência de fatores sociais e musicais, por volta de 1976, possibilitou o surgimento de uma corrente musical e estética que passou a ser conhecida como Punk: a) nos EUA uma tendência de volta ao passado com músicas simples, curtas, diretas e dançantes; b) na Inglaterra a recessão econômica…

Disco Nota 11: “Combat Rock” – The Clash

Paulo Fernandes   “Combat Rock”, de 1982, quinto álbum de estúdio do Clash, é um retorno ao rock básico. Se as experiências rítmicas e sonoras, principalmente as do álbum anterior “Sandinista”, estavam devidamente assimiladas e controladas, as letras das músicas mostram que o quarteto estava tão provocativo e questionador como antes.   CONHEÇA SEUS DIREITOS…

Big Audio Dynamite: Mistura explosiva

 Paulo Fernandes  … Mick Jones, mais conhecido por ter sido guitarrista do Clash, fez uma explosiva mistura de ritmos em seu grupo pós-Clash, o Big Audio Dynamite…   O AUGE DO CLASH E AS BRIGAS  Apesar do sucesso do álbum “Combat Rock”, de 1982, do Clash, o ambiente dentro do grupo estava péssimo. O baterista…

Disco Nota 11: “Ten” – Pearl Jam

Paulo Fernandes . O GRUNGE GRUNHE NO HOLLYWOOD ROCK Nome feio esse tal de grunge, sempre me lembra grunhir. Quando a mídia voraz voltou seus olhos e garras para Seattle no início da década de 1990, eu fiquei quieto no meu canto esperando algo de novo e consistente no rock. Foi quando me deparei, na…