Rock Independente: Variant 69

. VARIANT 69 O ano de 2016 foi importante para a cena anapolina de música autoral independente, de forma que surgiram algumas bandas novas interessadas de fato em conquistar o público local e se arriscar em passos cada vez mais largos. Conversamos com a rapaziada da Variant 69 que foi uma das revelações de Anápolis…

Rock Independente: Velho Cerrado

. VELHO CERRADO A banda é nova em Anápolis, mas já tem alguns shows marcados, gravação de um EP e webclipe lançado. O conjunto é produto de um projeto anterior idealizado por dois de seus integrantes (Luccas e André) que se consolidou em julho de 2016 como Velho Cerrado. Ainda com a primeira formação realizou…

Ô Trem Bão, Sô!

. Ô TREM BÃO, SÔ! Uma portaria do amigo Augusto (hoje secretário municipal de cultura) me designou para um projeto elétrico no prédio da antiga estação ferroviária de Anápolis, inaugurada em 1954 e recém-restaurada. A ideia é instalar nesse espaço o museu da imagem e do som. Em visita ao local, Ralf (o estagiário) perguntou…

Festival Paralelo Sonoro: Anápolis como vitrine da Cena Independente

Dudu Acioly . PARALELO SONORO  O Paralelo Sonoro é um festival de artes integradas, com ações contemplando diversas linguagens artísticas, garantindo o acesso descentralizado da população anapolina a produção independente goiana e brasileira, mixando a música com artes visuais, audiovisual e debates provocando formação, capacitação e qualificação dos agentes ligados ao setor. Neste ano, o…

Al Stewart e seu “Year of the Cat”

José Maurício . O ANO DE 1978, ANO DO CAVALO Em 1978 – cursando primeiro ano de engenharia na UFG – eu me deslocava de Anápolis todos os dias em um Passat 77 amarelo (rachávamos a gasolina) que possuía um toca-fitas TKR 150. Nas proximidades do lago João Leite (bem antes da existência deste), João…

La Morsa: Poderia ser de lá, mas é nosso!

Eduardo Costa Paixão a primeira vista foi o que pensei quando ouvi o novo som da La Morsa. “Habemvs Bavrets” é um álbum da década de 70 que foi gravado em 2015. O novo trabalho da banda é composto por 6 faixas que retratam muito bem o excelente momento que o rock goiano vive. A banda…

Sociedade da Grã-Ordem Kavernista

José Maurício         SOCIEDADE DA GRÃ-ORDEM KAVERNISTA APRESENTA SESSÃO DAS 10 Antes de se tornar mito do rock brasileiro, Raul Seixas, após o fracasso comercial de “Rauzito e os Panteras” (seu primeiro disco), tornou-se produtor da CBS. Em 1971, influenciado por “Freak Out” (1966), de Frank Zappa, e “Sgt. Pepper’s Lonely Hearts…

Pholhas e o seu “Dead Faces”

  Quando o Wander Mass Group abandonou as músicas instrumentais que animavam as festas de colégio, Wanderley e Tinho deixaram o grupo. Paulinho (Paulo Roberto Fernandes, bateria/vocal), Oswaldo (Oswaldo Malagutti Jr, baixo) e Hélio (Helio Santisteban, teclado/violão/vocal) convidaram o beatlemaníaco Wagner Tadeu Benatti (Bitão, guitarra/vocal) para formarem os Pholhas.   Com a censura implacável, as…

Yes, We Can

José Maurício YES, WE CAN Uma das vantagens de morar no centro da região metropolitana de Anápolis (a grande Anápolis) é ser servido pelas importantes cidades satélites de Goiânia e Brasília. Conta a história que as duas capitais foram deslocadas da Cidade de Goiás (no caso de Goiânia) e da Guanabara (no caso de Brasília)…