Disco Nota 11: “The Bends” – Radiohead

. Entre os sons inspirados no grunge de Seattle do primeiro álbum, “Pablo Honey” de 1993, e o experimentalismo do terceiro, “OK Computer” de 1997, está a riqueza melódica do belo “The Bends”, lançado em 1995. Apesar de ser reconhecido como um dos mais importantes grupos britânicos das últimas três décadas, eu custei a me…

Porcupine Tree: Cinema de sons

Paulo Fernandes . COMO EU NÃO OUVI ISSO ANTES? Os anos 90 estão permanentemente me pregando peças. Eu que dizia que esta era uma década menos importante para o rock, sigo sendo surpreendido por excelentes frutos noventistas que eu não conhecia. A bola da vez é o Porcupine Tree, grupo capitaneado pelo inquieto e multi-tarefa Steven Wilson,…

Muse: Marcianos e Sinfonias

Paulo Fernandes . DE NOVO UMA BELA CAPA Não me lembro muito bem quando foi que ouvi falar do Muse… Acho que eu estava fuçando em algum site sobre rock progressivo, logo depois disso fiquei sabendo que eles se apresentariam em Brasília, isso foi em 2008.  Mas só me interessei mesmo em ouvir sua música…

Disco Nota 11: “Mamonas Assassinas” – Mamonas Assassinas

Paulo Fernandes A UTOPIA DO “COUVER” Apenas 7 meses durou a carreira dos Mamonas Assassinas, de julho de 1995 a março de 1996. Tempo suficiente para deixarem seu nome eternizado na história da música brasileira. É bom lembrar que antes de se tornarem um fenômeno cultural, infelizmente efêmero, os rapazes batalhavam desde 1990, fazendo rock…

Marina, O Show

José Maurício Conheci o Rio de Janeiro em 1988. Desde então montei a trilha sonora que me remete ao paraíso, que me traduz a cidade maravilhosa: Coisas do Brasil (Guilherme Arantes e Nelson Mota), Only a Dream in Rio (James Taylor) e Virgem (Marina Lima e Antônio Cícero). Quando voltava do show do Elton John…