Disco Nota 11: “So” – Peter Gabriel

. SÓ SO Depois de quatro álbuns de estúdio com altas doses de experimentalismo, Peter Gabriel lançou, em 1986, seu quinto álbum, chamado simplesmente “So”. O primeiro a ser batizado com um nome, e é também o trabalho que levou o talento de Gabriel para o grande público. O álbum conta com um grupo de nove…

Duetos Bacanas do Rock

. A ideia para este texto foi copiada de uma enquete que o amigo Eberth Vêncio criou no Facebook, e depois publicou seu resultado na Revista Bula – veja neste link:  Os 15 melhores duetos da música internacional. Eu contribui com várias músicas, que infelizmente não figuraram entre as 15 mais votadas. Como nada se cria…

Disco Nota 11: “Genesis” (1983) – Genesis

Paulo Fernandes . O GENESIS AGORA É POP Após a saída de Peter Gabriel em 1975, o baterista Phil Collins assumiu os vocais e o Genesis continuou na ativa. O grupo foi paulatinamente tomando a direção do pop-rock em detrimento do progressivo. É por este caminho que a banda chega ao ano de 1983, quando…

Disco Nota 11: “Peter Gabriel 3” – Peter Gabriel

Paulo Fernandes   Após dois bons, e irregulares, álbuns em que procurava seguir um caminho próprio e se afastar da sonoridade do Genesis, Peter Gabriel chegou ao ponto que tanto ansiava com o seu terceiro disco, também chamado “Peter Gabriel” – conhecido como “3” ou “Melt” – e lançado em 1980. Um projeto ambicioso, inovador…

Disco Nota 11: “Big Science” – Laurie Anderson

Paulo Fernandes   O FÉRTIL TERRENO MUSICAL DOS ANOS 80 Já ouvi muitos detratores do rock feito na década de 80, como já havia escutado antes os que maldiziam os anos 70. Mas, a minha visão é totalmente distinta e considero essa uma época muito rica para o rock. Grandes estrelas surgidas nas décadas anteriores…

Frases Marcantes do Rock

Alanzera   Há algum tempo tive a ideia de escrever um texto sobre “frases marcantes” da música. O Paulo Afonso me apoiou e disse que até ajudaria na hora de transpor isso pro papel. Porém, a ideia ficou engavetada em algum lugar do meu cérebro, juntando poeira e sendo sepultada por outras ideias, que também…

Disco Nota 11: “Misplaced Childhood” – Marillion

Paulo Fernandes     . FROM GENESIS TO REVELATION Eu conheci o Marillion graças à Grace, minha professora de inglês e amiga querida, no ano de 1985. E foi justamente com o álbum “Misplaced Childhood”. Aquela voz que muito lembrava a do Peter Gabriel e aquele som que muito parecia o do Genesis – da fase com (também) Peter…

Disco Nota 11: “Peter Gabriel 4” – Peter Gabriel

Paulo Fernandes   . GENESIS Peter Gabriel fundou o Genesis em 1967, ainda na escola, com os amigos Tony Banks, Mike Rutherford, Anthony Philips e Chris Stewart. Poucos anos depois o Genesis seria uma das bandas mais importantes do cenário progressivo britânico, sucesso em grande parte devido à inesgotável criatividade de Gabriel em inventar histórias…

Discos Nota 11: Trilogia das Cores – King Crimson

Paulo Fernandes . A RESSUREIÇÃO DO REI CARMIM Em 1974 Robert Fripp fez a primeira pausa nas atividades do King Crimson e iniciou uma série de colaborações com gente como Brian Eno, Peter Gabriel, Debbie Harry, David Bowie e Talking Heads. Eram os tempos de renovadas experimentações musicais da new wave e  Fripp pensou em montar…