Memórias, Momentos e Músicas: Kubrick, “De Olhos Bem Fechados” e Shostakovich

. “VALSA Nº2” DA “SUÍTE DE JAZZ” DE DIMITRI SHOSTAKOVICH Quando o filme “De Olhos Bem Fechados”, de Stanley Kubrick, foi lançado em 1999, eu morava em uma cidade do interior de Goiás, Caldas Novas, que ainda não contava com salas de cinema. Assim sendo só pude assistir ao último filme de um dos meus…

Disco Nota 11: “Low” – David Bowie

Paulo Fernandes .  SEXO, DROGAS, ROCK E SOUL Há algum tempo eu li em uma revista de rock um depoimento de David Bowie sobre um período de sua vida, em meados da década de 1970, do qual ele se lembra muito pouco ou quase nada, de tão chapado que ele ficava. Em 1974, na turnê…

Disco Nota 11: “Rubycon” – Tangerine Dream

Paulo Fernandes .  OS VÁRIOS SABORES DO TANGERINE DREAM  O tecladista alemão Edgar Froese – falecido em 2015 – montou o Tangerine Dream em 1967. Em seus primórdios a banda seguia uma linha musical inspirada pelo Pink Floyd de Syd Barrett. A partir de 1973, Froese e cia. se alinharam ao movimento musical alemão Krautrock.…

“O Amor, A Morte e As Paixões” 2016 – 9ª edição da Mostra de cinema começa dia 03/02/2016 em Goiânia

. A nona edição da mostra de cinema “O Amor, A Morte e As Paixões” começará dia 03/02/16 em Goiânia. Novamente, e acertadamente, inserida durante o período carnavalesco. Estão programados 117 filmes de várias nacionalidades. Oportunidade de assistir a produções que dificilmente entrariam em circuito comercial na cidade. A curadoria é do Prof. Lisandro Nogueira.  Uma das novidades que…

“Lisztomania”: Liszt, o primeiro ídolo pop

Paulo Fernandes   . FRANZ LISZT, O PRIMEIRO ÍDOLO POP O húngaro Franz Liszt (1811-1886) foi primeiramente, ao seu tempo, mais conhecido como pianista virtuose, do que como compositor. Liszt ficou famoso também por suas inúmeras aventuras amorosas e sua amizade com o compositor alemão Richard Wagner, que posteriormente seria seu genro. Usando esses elementos…

“Você Conhece?” Altan Urag

Paulo Fernandes   A LINHAGEM DOURADA DO KHAN Quando assisti ao filme “Mongol”, uma co-produção de Rússia, Alemanha e Cazaquistão – que retrata a infância e juventude do conquistador  Genghis Khan – achei a trilha sonora muito interessante e procurei saber quem a tinha feito. Na minha pesquisa acabei esbarrando com vídeos do grupo mongol Altan Urag. Esta…

Al Stewart e seu “Year of the Cat”

José Maurício . O ANO DE 1978, ANO DO CAVALO Em 1978 – cursando primeiro ano de engenharia na UFG – eu me deslocava de Anápolis todos os dias em um Passat 77 amarelo (rachávamos a gasolina) que possuía um toca-fitas TKR 150. Nas proximidades do lago João Leite (bem antes da existência deste), João…

Disco Nota 11: “Tommy” – The Who

Paulo Fernandes    ÓPERA ROCK  No princípio era um ritmo adolescente, mas o rock queria mais. Queria alcançar o status de arte. Partindo dos discos conceituais, aqueles cujas músicas são unidas por um mesmo tema (ou conceito), chegou-se à ópera rock. Numa aproximação da ópera tradicional, na qual existe um enredo e personagens, o rock…

Donovan: Trovador Psicodélico

Paulo Fernandes  DA TURMA DOS BEATLES Foi só na década de 80 que eu tive uma visão mais completa da obra de Donovan Leitch, pois antes eu só conhecia duas de suas músicas: Atlantis e Mellow Yellow. Foi ótimo descobrir a riqueza musical desse trovador folk de voz suave, meio pop, meio psicodélico, cujo ponto alto…

Nazareth ou “Coca-Cola, Adolescência e Louis Malle”

Paulo Fernandes   PELOS BAILES DA VIDA Nas festas de minha adolescência, regadas a Coca-Cola (às vezes turbinada discretamente com rum Montilla), o Nazareth era uma presença obrigatória, fazendo companhia a outros artistas que faziam um rock ágil e dançante como: Sweet, Slade, Gary Gliter e Bachman-Turner Overdrive. O Nazareth, uma banda de hard rock, acabou…

Jesus Cristo Superstar – a Ópera Rock

Paulo Fernandes   ANDREW LLOYD WEBBER E TIM RICE  Andrew Lloyd Webber, compositor inglês, tem seu nome associado a diversos musicais para teatro: “Evita”, “O Fantasma da Ópera” e “Cats”, entre outros. Tim Rice, letrista e dramaturgo inglês, escreveu letras de música para peças de teatro: “Evita” e para o cinema: “A Bela e a…

“O Amor, A Morte e As Paixões” 8ª edição da Mostra de cinema começa dia 12/02/2015 em Goiânia

  A oitava edição da mostra de cinema “O Amor, A Morte e As Paixões” começará dia 12/02/15 em Goiânia. Estão programados 89 filmes de várias nacionalidades. Oportunidade de assistir a produções que dificilmente entrariam em circuito comercial na cidade.  Data: de 12/02 a 25/02/2015 Local : Cine Lumière Bougainville (Shopping Bougainville) Informações: (62) 3222-9480 Conferira as…

Disco Nota 11: “Ashes Are Burning” – Renaissance

Paulo Fernandes . Junte uma voz feminina etérea e bela com melodias bem construídas que combinam rock progressivo, folk e música clássica; o resultado é o Renaissance. E pensar que o grupo nasceu, em 1969, da cabeça de dois ex-membros dos Yardbirds: Keith Relf e Jim McCarty. A proposta de Relf e McCarty era desenvolver…

Bauhaus: Sombras Góticas

Paulo Fernandes . FOME DE VIVER O filme de Tony Scott (irmão de Ridley), “Fome de Viver” (The Hunger), se tornou um clássico do terror gótico chique. No elenco: Catherine Deneuve, Susan Sarandon e David Bowie. Para mim a melhor das surpresas desse filme está logo no seu começo: Em um clube noturno, os personagens…

Disco Nota 11: “Radio-Activität” – Kraftwerk

Paulo Fernandes  .  A ORIGEM DA MÚSICA ELETRÔNICA Datam do final do século XIX as primeiras manifestações no desenvolvimento de instrumentos musicais eletrônicos. O princípio teórico, utilizado até hoje, era a produção de diferentes frequências sonoras por indução eletromagnética e controladas por teclados. Verdadeiros trambolhos, pesando algumas toneladas, esses bisavôs dos sintetizadores eram pouco práticos…

“Hair” e a Contracultura

Paulo Fernandes . A TIGRESA DE CAETANO A primeira vez que ouvi falar do musical “Hair” foi na música Tigresa de Caetano Veloso: “…ela me conta que era atriz e trabalhou no “Hair”…”. Ícone da contracultura dos anos 60 e da filosofia pacifista hippie, “Hair”, a peça teatral, estreou em Nova Iorque em 1967. A…

Viagens Musicais

Paulo Fernandes . “MEXERAM NA MINHA GULLIVER” No filme “Laranja Mecânica”, adaptação de Stanley Kubrick para o livro de Anthony Burgess, a música tem papel preponderante, tanto que em muitas vezes ela está em primeiro plano, dominando a tela. É por isso que gosto tanto desse filme e da obra de Kubrick, que tanta importância…

Disco Nota 11: “Meddle” – Pink Floyd

Paulo Fernandes   . E AGORA ? A saída de Syd Barrett do Pink Floyd deixou a banda numa encruzilhada: qual direção musical tomar? Os delírios psicodélicos do primeiro disco, “The Piper at the Gates of Dawn” só eram possíveis graças à presença luminosa de Barrett. E é essa dúvida que permeia os discos subseqüentes…

O Mundo Fascinante dos Discos

Paulo Fernandes . AMOR TÁCTIL Caetano Veloso disse em sua música Livros: “Os livros são objetos transcendentes / Mas podemos amá-los do amor táctil / Que votamos aos maços de cigarro”. Posso substituir livros por discos, pois estes também possuem transcendência e amo-os – além, é claro do amor auditivo, do amor táctil, visual e…

Documentários Metálicos

Alanzera   A primeira vez que ouvi falar os nomes de Sam Dunn e Scot McFadyen foi há cerca de cinco anos, quando encontrei na “locadora” BitTorrent o documentário “Metal: A Headbanger’s Journey”. O filme mostra como surgiu o heavy metal, a gigantesca lista de ramificações do gênero e as polêmicas que o envolvem, aí incluídas…

Disco Nota 11: “Hunky Dory” – David Bowie

Paulo Fernandes . O “CAMALEÃO” DAVID BOWIE Costuma-se dizer que David Bowie, ao invés de apenas uma, tem várias carreiras artísticas. Suas mudanças musicais são (ou pelo menos eram) acompanhadas de mudanças em sua imagem pública. Se olharmos para as suas fotos nas capas de seus discos facilmente percebemos as alterações visuais: cabelos curtos, compridos,…