Memórias, Momentos e Músicas: Schubert – “Improviso nº 3”

Paulo Fernandes

Schubert_00

Há momentos da minha vida que estão entrelaçados com a música (e o cinema, e a literatura). Resolvi revolver a memória e escrever sobre estes momentos.

.

“IMPROVISO Nº3” DE FRANZ SCHUBERT

Eu tinha por volta de 13 anos e economizava o dinheiro do lanche da escola para poder acompanhar duas coleções maravilhosas que a saudosa Abril Cultural soltava nas bancas de revistas: “Clássicos da Literatura Juvenil” e “Grandes Compositores da Música Universal”, estes eram fascículos com vida e obra dos compositores, acompanhados de discos de 10 polegadas com algumas peças musicais. O volume de Franz Schubert vinha com a “Sinfonia Inacabada” e algumas peças para piano chamadas “Momentos Musicais”. Eu estava ouvindo o disco no quarto – que eu dividia com meu irmão – de porta fechada, minha mãe veio me chamar para o almoço e fez um de seus costumeiros comentários jocosos/carinhosos: “Você vai acabar doido igual a esses caras (os compositores)”, talvez ela tenha acertado na sua profecia.

O Fascículo de 1973

O fascículo de 1973

Dez anos depois a Abril lançou uma nova coleção de música clássica com o nome de “Mestres da Música”. Edições mais caprichadas, gravações mais recentes e, desta vez, em discos de 12 polegadas. Num dos fascículos – alguns compositores tinham mais de um volume – dedicado a Franz Schubert, só com peças para piano (incluindo os “Momentos Musicais”), estava uma joia que eu não conhecia até então: “Impromptu (Improviso) nº 3”. Linda demais! Essa música fez parte – quase de cabo a rabo – do filme “Linda Demais para Você”, uma comédia genial que termina com o personagem do Gérard Depardieu se virando para a câmera e bradando para pararem com o Schubert. Este filme foi dirigido por Bertrand Blier, em 1989.

O fascículo de 1983

O fascículo de 1983

.

VÍDEOS

A Música:

O Trailer do Filme:

Anúncios

3 comentários sobre “Memórias, Momentos e Músicas: Schubert – “Improviso nº 3”

  1. mauro.pastinha@hotmail.com
    E.MAILS=2016-167.1 — 19/DOMINGO = 04:48
    DISCO NOTA 11 = MEMÓRIAS, MOMENTOS E MÚSICAS =
    S C H U B E R T – Via = Pessoal do ROCKONTRO

    Monumental esta postagem da semana. Também fiz estas Coleções de Clássicos (e várias outras, na fase adulta). Ouvindo SCHUBERT, transportei-me para a Rua 24 nº 59, no centro de Goiânia, onde meu saudoso Tio ZÉ JAYME construiu uma das casas pioneiras de Goiânia, com quintal cheio de árvores frutíferas (e hoje demolida para construção de um arranha.céu). Nesta casa, décadas de 50/60, várias vezes, presenciei minha prima MARIA LÚCIA nos maravilhar com peças do mais alto nível, como a citada “IMPROMPTU IN G Op 90 Nº 3”. — Ganhei meu domingo. N A M A S T Ê.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s