Disco Nota 11: “Jazz” – Queen

Paulo Fernandes

Jazz_01

.

DIVERSÃO SONORA

Eu já havia dito aqui no Rockontro que os lançamentos musicais (e também os cinematográficos, etc.) demoravam a chegar a Goiânia. Neste ponto a capital federal levava ampla vantagem sobre sua vizinha. Os lançamentos internacionais chegavam primeiro em Brasília. E foi a partir de Brasília que o disco “Jazz” do Queen chegou às minhas mãos, trazido por meu amigo Josino que morava por lá.

Jazz_06

E foi numa tarde de sábado do ano de 1978, que o Josino chegou a minha casa com o “Jazz” debaixo do braço. Uma capa superbacana, e o encarte com as ciclistas peladas? Um luxo.

Jazz_04_a

Encarte: Fat Bottomed Girls em uma Bicycle Race

Colocado o disco na vitrola começou a diversão. Todas as características musicais do Queen, que ajudaram a me tornar um fã desde que escutei o disco “A Night at the Opera” (no ano anterior), estavam novamente lá: bom humor, hard rock, rock progressivo, música de teatro, corais operísticos e, desta vez, uma dose maior de rythm & blues.

.

MAIS DESTE JAZZ

O álbum começa com o que parece ser uma prece islâmica recitada por Freddie Mercury com os dizeres: “Ibrahim, Ibrahim, Ibrahim… Allah, Allah, Allah ….we’ll pray for you”. A música chama-se Mustapha e tem uns elementos musicais árabes, letras em inglês, árabe, persa e palavras inventadas.

Jazz_03

O hard rock marca presença em pelo menos 3 canções: If You Can Beat Them, Let Me Entertain You e na rapidíssima, com direito a show de guitarra de Brian May, Dead on Time.

Fat Bottomed Girls (Garotas Bundudas) e principalmente Bicycle Race têm aquelas sofisticadas construções do Queen com variações harmônicas e de ritmo.

Jazz_09

Duas composições de Roger Taylor trazem elementos de discothèque e R&B: Fun It e More of that Jazz. Nesta última há uma recapitulação do álbum com trechos das faixas anteriores.

Para não deixar de fora as baladas: Jealousy e Leavin Home Ain’t Easy, e uma música leve de John Deacon: In Only Seven Days.

Jazz_05

Uma homenagem a Elvis Presley, que havia morrido no ano anterior, é feita pelo grupo na música Dreamer’s Ball.

A música mais famosa, e que virou presença constante nos shows, é a épica Don’t Stop Me Now que usa a fórmula de camadas vocais superpostas. Ela apareceria depois no filme de “terrir” Shaun of the Dead.

Jazz_02

Capa interna: Queen no estúdio

.

FAIXAS

Lado 1           

1) Mustapha (Mercury)
2) Fat Bottomed Girls (May)
3) Jealousy (Mercury)
4) Bicycle Race (Mercury)
5) If You Can’t Beat Them (Deacon)
6) Let Me Entertain You (Mercury)

Lado 2  

1) Dead on Time (May)
2) In Only Seven Days ( Deacon)
3) Dreamer’s Ball (May)
4) Fun It (Taylor)
5) Leaving Home Ain’t Easy (May)
6) Don’t Stop Me Now (Mercury)
7) More of That Jazz (Taylor)

.

MÚSICAS

.

Clique na imagem abaixo para ouvir:

Jazz_CP

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s