Disco Nota 11: “All Things Must Pass” – George Harrison

Paulo Fernandes

All things must pass_00  .

TALENTO REPRESADO

Durante seu tempo como membro dos Beatles, George Harrison frequentemente tinha suas composições preteridas, em favor das que levavam a assinatura Lennon / McCartney, na montagem de repertório para os álbuns dos Beatles, geralmente era uma música sua para cada lado do vinil.

All things must pass_03

As idéias guardadas foram tantas que, após o fim do grupo, renderam o primeiro álbum triplo da história do rock: o magnífico “All Things Must Pass” de 1970. Este na verdade era o terceiro álbum solo de George, porém o primeiro após o fim da banda e sendo que os dois primeiros álbuns eram trabalhos experimentais de música eletrônica e concreta.

 All things must pass_04

.

AMIZADE COM DYLAN E BRONCA COM PAUL

Por volta de 1968, ao passar uma temporada na casa de Bob Dylan em Woodstock, George encantou-se com o método de composição comunitária e cooperação musical entre Dylan e The Band, algo que não existia mais nos Beatles. 

Paul (de costas) e George nas tensas sessões de "Let It Be"

Paul (de costas) e George nas tensas sessões de “Let It Be”

No início de 1969, durante as gravações para o álbum (e o filme) “Let It Be”, George, irritado com o estilo controlador de Paul McCartney nos trabalhos, abandonou o estúdio e cogitou seriamente abandonar os Beatles. Nesse período em que esteve fora compôs a música Wah Wah, na qual lança farpas e ironias na direção de Paul.

.

REUNIÃO DE AMIGOS

George reuniu um time de amigos músicos para gravar suas músicas guardadas e algumas composições novas, entre eles Ringo Starr, Eric Clapton, Billy Preston, Alan White, Dave Mason, Gary Brooker, Ginger Baker, Klaus Voormann e Phil Collins.

My Sweet Lord, um dos maiores sucessos de Harrison, faz parte desse álbum, mas se ela não estivesse lá ele ainda seria um Nota 11 com louvor.

All things must pass_06

George e sua mulher à época, Pattie Boyd

Os temas espirituais e humanos, marca registrada de George, dominam a temática do álbum. Percebe-se uma tentativa de afastamento dos seus tempos de beatle, mas sua assinatura sonora já era bastante marcante para conseguir este intento. A co-produção de Phil Spector, com sua wall of sound , por vezes empastela um pouco o som e poderia, se não fosse a qualidade das músicas, comprometer o resultado final.

 All things must pass_01

O lançamento original, em vinil triplo, consistia de dois discos de canções e um terceiro com gravações de jam sessions de estúdio, denominado Apple Jam

A expectativa, na época, após um lançamento tão bombástico era que George prosseguisse em tal ritmo frenético de produção, porém isso não aconteceu. Parece que depois da catarse que foi este álbum, Harrison volta à sua habitual discrição.

. 

FAIXAS

Todas as faixas compostas por George Harrison, exceto as indicadas.

Lado 1

1) I’d Have You Anytime (Harrison, Bob Dylan)
2) My Sweet Lord
3) Wah-Wah
4) Isn’t It a Pity (Version One)

Lado 2

1) What Is Life
2) If Not for You (Dylan)
3) Behind That Locked Door
4) Let It Down
5) Run of the Mill

Lado 3

1) Beware of Darkness
2) Apple Scruffs
3) Ballad of Sir Frankie Crisp (Let It Roll)
4) Awaiting on You All
5) All Things Must Pass

Lado 4

1) I Dig Love
2) Art of Dying
3) Isn’t it a Pity (Version Two)
4) Hear Me Lord

Lado 5 (Apple Jam)

1) Out of the Blue
2) It’s Johnny’s Birthday (Bill Martin, Phil Coulter, Harrison)
3) Plug Me In

Lado 6 (Apple Jam)

1) I Remember Jeep
2) Thanks for the Pepperoni

.  

MÚSICAS

Ouça o álbum completo:

Anúncios

Um comentário sobre “Disco Nota 11: “All Things Must Pass” – George Harrison

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s