Lovin’ Spoonful: Verão em Nova York

Paulo Fernandes

Lovin Spoonful_03

.

WOODSTOCK NO CINEMA

A primeira das inúmeras vezes em que assisti ao filme “Woodstock”, documentário sobre o festival, foi no cinema, por volta de 1977. Em determinado momento do filme aparece um sujeito magro e sorridente, antes que ele começasse a cantar (acompanhado só de seu violão) uma pessoa ao meu lado pronunciou embevecida o seu nome – “John Sebastian!!”. Eu, até aquele dia, não o conhecia, mas gostei muito do que ouvi. Uma voz muito boa, doce e firme ao mesmo tempo. Os versos iniciais da música ficaram gravados em minha mente: “I had a dream last night / What a lovely dream it was”.

John Sebastian em Woodstock

John Sebastian em Woodstock

Só depois de muito tempo é que eu fui ouvir as músicas do Lovin’ Spoonful, grupo do qual fazia parte o cantor e compositor John Sebastian.

.

COLHERADA DE AMOR

Envolvidos com a cena folk do Greenwich Village de Nova York, John Sebastian (vocal e outros instrumentos), Zal Yanovsky (guitarra), Joe Butler (bateria e vocal) e Steve Boone (baixo) criaram o Lovin’ Spoonful em 1965.

 

O folk elétrico, com uma levada pop, agradou ao público dos EUA, então acostumado com a música dos Beatles e outros grupos britânicos. No curto espaço de dois anos e três álbuns, o Lovin’ Spoonful experimentou o auge de sua fama com várias músicas nas paradas de sucesso.

Lovin Spoonful_07

Como descrever a sonoridade dessa banda? Combinando elementos de rock, folk, blues e country, o LS é ao mesmo tempo pop, sem jamais soar enjoativo, e inovador, sem jamais soar chato.

O estilo de tocar guitarra utilizando as quatro palhetas metálicas do banjo ficou famoso, bem como a utilização de instrumentos musicais inusitados, como uma máquina de escrever, e  a chamada jug band music (que utiliza instrumentos “feitos em casa”) em suas gravações.

Lovin Spoonful_04

 

Zal Yanovsky deixou o grupo em 1967, sendo substituído por Jerry Yester. Em 1968 foi a vez de John Sebastian partir em carreira solo. O trio remanescente ainda gravou mais um álbum em 1969 e encerrou, em seguida, as atividades.

Além dos cinco álbuns de estúdio, o Lovin’ Spoonful gravou mais dois álbuns de trilha sonora para os filmes “O que é que há? Gatinha” de Clive Donner (primeiro filme de Woody Allen como ator) e “Agora você é um homem” de Francis Ford Coppola. Tudo isso entre 1965 e 1969.

.

MÚSICAS

23 músicas em 2 páginas!!

Clique na imagem para ouvir e ver:Lovin Spoonful_01

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s