Love é quase tudo que você precisa

Paulo Fernandes

Love++1966

.

A OUTRA BANDA DE LOS ANGELES

O Love, enquanto esteve ativo, nunca conseguiu um sucesso expressivo de público. Primeiro teve de disputar as atenções com os Byrds e depois, perder a preferência de sua gravadora para os Doors, ambas (assim como o próprio Love) de Los Angeles.

Love

Mas o grupo acabou garantindo uma aura cult que chegou até os dias de hoje, e parece aumentar a medida que o tempo passa. O Love é citado como influência por nomes importantes do rock: Led Zeppelin, Pink Floyd, Primal Scream, Stone Roses e até Doors.

.

PSICODELIA E HARMONIA

Quando escuto a música do Love, o que chama a atenção, além das belas harmonias e arranjos, é que parece ser um rock muito avançado para sua época. Sua combinação de folk rock com psicodelia, assim como fazia Donovan, é sempre surpreendente.

LOve2

Outra coisa que – para o seu tempo – causava estranhamento nas plateias de rock majoritariamente brancas dos EUA, era o fato de ser uma banda com negros e brancos, liderada pelo negro Arthur Lee.

.

A OBRA-PRIMA E A DESINTEGRAÇÃO

Após dois excelentes álbuns: “Love”, de 1966, e “Da Capo”, de 1967, a banda lançou aquele que é considerado sua obra-prima: “Forever Changes”, também de 1967. Este álbum foi praticamente ignorado nos EUA e teve relativo sucesso na Inglaterra.  Porém, os sucessivos fracassos de vendagens, somados a problemas com drogas, haviam minado as forças do grupo.

Capa de "Forever Chages"

Capa de “Forever Chages”

Em 1968, no Love, só restava Arthur Lee. Com adição de novos músicos, a banda continuou até 1974, quando oficialmente encerrou suas atividades. Uma nota interessante: Jimi Hendrix (amigo de Arthur Lee) participou da gravação da música The Everlasting First de 1970.

Arthur Lee na década de 2000

Arthur Lee na década de 2000

Na década de 2000, o co-fundador do Love Johnny Echols voltou a se apresentar com Arthur Lee. Esse Love reformulado continua fazendo turnês e sobreviveu à morte de Lee em 2006.

.
MÚSICAS

Clique na imagem para ver e ouvir:

Love_CP_1

Anúncios

5 comentários sobre “Love é quase tudo que você precisa

  1. Agradeço a remessa. Fiquei com água na boca e quando cliquei na imagem, para ver e OUVIR, apenas vi. Nenhum som. Fica para a próxima, o que não invalida este ótimo presente. Grande abraço do PASTINHA/ANÁPOLIS

    Curtir

  2. Gosto de dois álbuns deles, forever changes, que ao se ouvir se pensa, “roubaram nossa bossa nova !!!” e juntaram com um folk com bastante energia e poesia . Lee tinha seus problemas e esse álbum ele era o Love e os outros instrumentos foram empunhados por músicos de estúdio de primeira qualidade. O outro é mais minimalista, tem menos ininstrumentos, um quarteto de jazz rock rápido e preciso, o alucinante Four Sail.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s