Disco Nota 11: “Ashes Are Burning” – Renaissance

Paulo Fernandes

Ashes_00

.

Junte uma voz feminina etérea e bela com melodias bem construídas que combinam rock progressivo, folk e música clássica; o resultado é o Renaissance. E pensar que o grupo nasceu, em 1969, da cabeça de dois ex-membros dos Yardbirds: Keith Relf e Jim McCarty.

Ashes_04

A primeira encarnação do Renaissance com Keith Relf (atrás esquerda), Jim McCarty (frente meio) e a irmã de Keith, Jane, nos vocais.

A proposta de Relf e McCarty era desenvolver um som mais experimental e voltado para o progressivo, um pouco diferente do blues-rock-psicodélico que os Yardbirds faziam. A dupla deixou a banda logo em 1970. Foi só em 1972 com o terceiro álbum, “Prologue”, que o Renaissance encontrou o seu espaço musical. Foi o primeiro disco com a participação da vocalista Annie Haslam.

.

CINZAS ESTÃO A QUEIMAR

Foi com seu quarto álbum, “Ashes Are Burning” (1972), que a sonoridade do Renaissance se consolidou de vez. A belíssima voz – que cobre um espectro de 5 oitavas – de Annie Haslam, as composições e os arranjos orquestrais de Michael Dunford e o piano de John Tout contribuíram significativamente para tornar este álbum uma experiência sensorial fascinante, que jamais nos cansa.

Ashes_03

Apenas seis canções, mas todas perfeitas. Um detalhe na música de abertura, Can You Understand?, ajuda a colocar mais um tempero saboroso no álbum: Dunford usou um trecho de uma música do filme “Doutor Jivago” de David Lean, pensando se tratar de obra de domínio público do folclore russo. Só depois ficou sabendo que a tal música, chamada Tonya and Yuri Arrive at Varykino, na verdade era uma composição de Maurice Jarre.

Ashes_01

.

FAIXAS

Todas as músicas compostas por Dunford e Thatcher exceto a indicada.

Lado 1

1) Can You Understand?
2) Let It Grow
3) On the Frontier (McCarty-Thatcher)

Lado 2

1) Carpet of the Sun
2) At the Harbour
3) Ashes Are Burning

.

MÚSICAS

Ouça o álbum completo (lista de vídeos):

Anúncios

4 comentários sobre “Disco Nota 11: “Ashes Are Burning” – Renaissance

  1. Mais uma vez, e sempre, meus agradecimentos pela bela viagem aos anos 70. Conheci este disco na casa de meu Mano/3=DIDÃO, que é pianista e estava babando com o lançamento, mostrando a todo mundo. Vai ser o meu e.mail 2015/007, neste domingo/11. Grande abraço do Velho/72 Roqueiro, Comendador PASTINHA.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s