Jesus Cristo Superstar – a Ópera Rock

Paulo Fernandes

JC Superstar_01

 

ANDREW LLOYD WEBBER E TIM RICE 

Andrew Lloyd Webber, compositor inglês, tem seu nome associado a diversos musicais para teatro: “Evita”, “O Fantasma da Ópera” e “Cats”, entre outros. Tim Rice, letrista e dramaturgo inglês, escreveu letras de música para peças de teatro: “Evita” e para o cinema: “A Bela e a Fera”, “O Rei Leão”, “Aladdin”, entre outros.

JC Superstar_09

Cartaz de uma montagem da Ópera

Essa dupla concebeu em 1970 uma ópera rock baseada no período final da vida terrena de Jesus Cristo: de sua entrada em Jerusalém até sua crucificação: “Jesus Cristo Superstar”. Esta obra foi primeiramente lançada em álbum duplo antes de ser lançada nos palcos da Broadway nova iorquina e do West End londrino. Em 1973 a ópera foi levada ao cinema pelo diretor Norman Jewison.

. 

JESUS, JUDAS E MADALENA 

Desde então temos uma infinidade de montagens e suas respectivas gravações, mas musicalmente a primeira gravação é com certeza a melhor de todas. Principalmente por contar com Ian Gillan – vocalista do Deep Purple no auge de sua forma vocal – no papel de Jesus Cristo, Murray Head (excelente cantor e ator britânico) no papel de Judas Iscariotes e Yvonne Elliman – cantora estadunidense que também participa do filme de 1973 – como Maria Madalena.

JC Superstar_IMY

Ian Gillan (Jesus) / Murray Head (Judas) / Yvonne Elliman (Madalena)

 

Aliás, a história tem seu foco nas relações entre esses três personagens. Apresenta-nos um Judas politizado que teme que a popularidade de Jesus, que ele pensa “ser apenas um homem”, possa levar a um aumento da repressão romana. Madalena é mostrada como a pessoa mais próxima de Jesus, e nota-se que nutre uma paixão por seu mestre.

. 

O ÁLBUM E A MÚSICA 

Apesar das licenças poéticas e de certa polêmica na época do lançamento – pois algumas pessoas acharam que o retrato pintado de Jesus na ópera foi desrespeitoso – a música é muito boa: rock com tintas épicas. A estrutura é da ópera clássica: abertura instrumental, árias, duetos e coros. É dividida em dois atos, e no álbum duplo original cada disco contém um ato.

PERSONAGENS PRINCIPAIS (VOZES) E SOLISTAS DO ÁLBUM 

Jesus Cristo (Tenor): Ian Gillan
Judas Iscariotes (Tenor): Murray Head
Maria Madalena (Contralto): Yvonne Elliman
Pôncio Pilatos (Barítono): Barry Dennen
Caifás (Baixo): Victor Brox
Anás (Tenor/Contratenor): Brian Keith
Pedro (Barítono): Paul Davis
Simão (Tenor): John Gustafson
Rei Herodes (Tenor): Mike d’Abo

Encarte do álbum com os cantores/personagens

Encarte do álbum com os cantores/personagens

.

FAIXAS

ATO 1

01) Overture – Instrumental
02) Heaven on Their Minds – Judas
03) What’s the Buzz/Strange Thing Mystifying – Apóstolos, Jesus, Madalena, Judas, Pedro
04) Everything’s Alright – Madalena, Judas, Jesus, Apóstolos
05) This Jesus Must Die – Anás, Caifás, Apóstolos, Sacerdotes
06) Hosanna – Apóstolos, Caifás, Jesus, coro
07) Simon Zealotes/Poor Jerusalem – Apóstolos, Simão, Jesus, grupo
08) Pilate’s Dream – Pilatos
09) The Temple – grupo, Jesus
10) Everything’s Alright (reprise) – Madalena, Jesus
11) I Don’t Know How to Love Him – Madalena
12) Damned for All Time/Blood Money – Judas, Anás, Caifás, coro

ATO 2

01) The Last Supper – Apóstolos, Jesus, Judas
02) Gethsemane (I Only Want to Say) – Jesus
03) The Arrest – Judas, Jesus, Pedro, Apóstolos, grupo, Anás, Caifás
04) Peter’s Denial – mulher, Pedro, soldado, velho, Madalena
05) Pilate and Christ/Hosanna (reprise) – Pilatos, Anás, Jesus, grupo
06) Herod’s Song (Try It and See) – Herodes
07) Judas’ Death – Judas, Anás,  Caifás, coro
08) Trial Before Pilate (Including the Thirty-Nine Lashes) – Pilatos, Caifás, Anás, Jesus, grupo
09) Superstar – Judas, anjos
10) The Crucifixion – Jesus, grupo
11) John Nineteen: Forty-One – Orquestra

.

O FILME DE 1973

A principal vantagem do filme, pelo menos na época em que foi lançado, foi a capacidade de suprir algo que é tão importante em uma ópera: a imagem. E também o poder de atingir um público maior mundialmente (montagens teatrais desse porte eram artigo de luxo no Brasil).

Carl Anderson (Judas), Ted Neeley (Jesus) e Yvonne Elliman (Madalena) no filme de 1973

Carl Anderson (Judas), Ted Neeley (Jesus) e Yvonne Elliman (Madalena) no filme de 1973

Porém, apesar das imagens misturando o tempo de Cristo com artefatos do século XX, musicalmente sua trilha sonora é muito inferior ao álbum original: menos roqueira e o ator que faz Jesus (Ted Neeley) é muito fraco como cantor. Mesmo assim temos momentos memoráveis, principalmente as partes solistas de Judas (Carl Anderson) e de Madalena (novamente Yvonne Elliman).

.

MÚSICAS

Ouça o álbum completo:

 

Anúncios

3 comentários sobre “Jesus Cristo Superstar – a Ópera Rock

  1. Muito bom! Mais uma vez reavivando boas lembranças.
    Não sei se houve um problema com o link, mas com mais ou menos uma hora e vinte minutos a execução foi interrompida e não havia mais música alguma até o fim…

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s