O Show de Ringo Starr em 2013 ou O dia em que eu vi mais um beatle

Márley Vieira e Moura especial para o Rockontro

ringo_all-stars_cp2

.

RINGO E ALL STARR BAND

Cheguei ao Credicard Hall por volta de 10/11 horas e fiquei de molho o dia todo, até às 20:30 horas quando os portões foram abertos ao público para o show que começou às 21:30 hs, atraso de meia-hora. O clima em São Paulo estava ótimo – pra quem, como eu, que gosta de frio e vive a 45° graus diários – exceto no final da tarde, a partir das 17 horas em que o frio paulista começou realmente a se mostrar, até a abertura dos portões. Lá dentro, como o local é fechado ficou um clima bom, até começar o show, e ao final, com a blusona que estava usando, acabou foi ficando quente.

ringo_all-stars-22

O Ringo fez uma entrada inesperada no palco assim que abriram-se os portões. Não havia nem 100 pessoas na pista – local em que fiquei a menos de 5 metros do palco e este, na altura do meu peito – e nos camarotes/poltronas ainda não havia ninguém, e isso eu fiz questão de observar dada a sua inesperada entrada no palco. Ninguém conseguiu tirar uma “fotinha” sequer dessa interação dele com o público pois as máquinas estavam todas nos bolsos e nem os celulares/ipads estavam engatilhados para uma foto dele naquele momento. Foi realmente hilária essa entrada dele no palco momento e todo mundo ficou perguntando se alguém havia tirado alguma foto. Em suma, ficamos todos com cara de trouxa olhando um pro outro, não acreditando no que tinha acontecido, já maravilhados pela surpreendente e inesperada aparição no palco. Eu até achei que fosse algum sósia fazendo graça.

ringo_all-stars-4

Bom, voltando ao show, fiquei um pouco decepcionado, esperei uma apresentação baseada em Beatles/Ringo – algo parecido ao show do Paul McCartney em Goiânia – e, na verdade, foi um repertório misto e predominado pela All Starr Band, ficando algo próximo a 30 % a cargo da estrela do show: Ringo. Mais tarde, refletindo melhor sobre o título do show “Ringo and His All Starr Band”, entendi que não se tratava de show exclusivamente de Ringo, e sim um show dele com a banda que o acompanhava, na qual todos são originários de outros grupos, também famosos, e que se uniram para a apresentação. Algo do tipo que ninguém está ali por ser melhor que o outro, mas estão todos no mesmo “pé” de igualdade, todos músicos renomados, todos querendo tocar pelo gosto de tocar.

ringo_all-stars-13

O palco do show estava muito simples, nada de grandes produções. A cor prata se destacava do piso ao teto. No fundo do palco uma tela preta pintada que parecia ter sido feita a mão.

O setlist do show foi esse :

01) Matchbox (Carl Perkins cover)
02) It Don’t Come Easy
03) Wings
04) I Saw the Light (Todd Rundgren cover)
05) Evil Ways (Willie Bobo cover)
06) Rosanna (Toto cover)
07) Kyrie (Mr. Mister cover)
08) Don’t Pass Me By (The Beatles)
09) Bang the Drum All Day (Todd Rundgren cover)
10) Boys (The Shirelles cover)
11) Yellow Submarine (The Beatles)
12) Black Magic Woman (Fleetwood Mac cover)
13) Honey Don’t (Carl Perkins cover)
14) Anthem
15) You Are Mine (Richard Page cover)
16) Africa (Toto cover)
17) Everybody’s Everything (Santana cover)
18) I Wanna Be Your Man (The Beatles)
19) Love Is the Answer (Utopia cover)
20) Broken Wings (Mr. Mister cover)
21) Hold the Line (Toto cover)
22) Photograph
23) Act Naturally (Buck Owens cover)
24) With a Little Help from My Friends
25) Give Peace a Chance (John Lennon cover)

Uma coisa que me chamou a atenção foi que não houve uma grande agitação da plateia, exceto quando Ringo tocava/cantava músicas dele ou dos Beatles, mostrando que todos estavam ali por ele, para ouvi-lo. O show terminou com cada integrante da banda fazendo um solo em seu respectivo instrumento, no final da música With a Little Help form My Friends e o Ringo voltando ao palco para cantar Give Peace a Chance. Não houve bis, embora todo mundo tenha ficado por ali mais um tempo esperando…

Disso tudo uma coisa ficou certa e líquida: “EU VI” as duas lendas vivas remanescentes dos Beatles, ao vivo e a cores. Agora é partir para a próxima turnê dos Beatles… kkkkkkk

.

PS.: As fotos que tirei durante o show não ficaram boas pois usei o celular.

Anúncios

4 comentários sobre “O Show de Ringo Starr em 2013 ou O dia em que eu vi mais um beatle

  1. mauro.pastinha@hotmail.com

    E.MAILS=2016-335.1 – 04/DOMINGO = 04:01
    SHOW DO RINGO STAR – SÃO PAULO / 2013
    Via Pessoal ROCKONTRO (MARLEY VIEIRA E MOURA)
    Hoje não tem som, Apenas fotos e uma interessante historinha do show de 2013, em São
    Paulo. Após abrirem a matéria do MARLEY, nos comentários (rodapé) vejam bela narrativa
    de CARLOS EDU BERNARDES, sob o show do RINGO STAR, em BRASÍLIA/2015.
    Parabéns, aos dois competentes expositores.
    Aqui nas Antas, o ROCK’N’ROLL começa aos 5 anos de idade, como mostra a foto da minha
    neta ISABEL.BAILARINA, malhando o baixo do pai, o B E T I N H O (Banda Pesa Nervos).
    (não consigo postar a foto, aqui nestes comentários – fica só na imaginação suas)

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s