“Haveria Riffs de Rock sem Beethoven?”. Documentário da DW faz esta e outras perguntas.

Fonte: dw.com

Um instigante documentário da rede de televisão alemã Deutsche Welle – DW nos questiona, já em seu título, como seria “Um Mundo sem Beethoven?”. Com base nesta pergunta o filme nos mostra a influência e o pioneirismo do compositor alemão, e que são sentidas até hoje, tanto na música quanto na cultura mundial em geral.

Trompista da Orquestra Filarmônica de Berlim, a francesa Sarah Willis nos conduz a vários pontos do globo entrevistando músicos e outras personalidades sobre o legado de Beethoven. Dividido em sete partes, onde cada uma aborda determinado aspecto da importância de Ludwig van Beethoven para o nosso mundo.

Sarah Willis. Fonte: dw.com

Estes são os temas apresentados, cada um com uma interrogação:

  1. Haveria Riffs de Rock sem Beethoven?
  2. Haveria o Negócio Musical sem Beethoven?
  3. Haveria Música Política sem Beethoven?
  4. Haveria Álbuns Conceituais sem Beethoven?
  5. Haveria Trilhas Sonoras de Filmes sem Beethoven?
  6. Haveria Tempo Musical Preciso sem Beethoven?
  7. Haveria Jazz sem Beethoven?

Beethoven. Fonte: dw.com

Logo na primeira parte, é apresentada a conexão entre Beethoven e o rock. Um riff de guitarra pode fazer a diferença e dar alma a uma canção de rock, e não são necessárias muitas notas para atingir tal fim. A “Quinta Sinfonia” de Beethoven utiliza apenas quatro notas e que a tornaram eternamente conhecida. Para o guitarrista Rudolf Schenker, dos Scorpions, este motivo musical da sinfonia está na raiz de todos os riffs de rock.

Outro entrevistado por Sarah Willis: Ian Anderson, líder do Jethro Tull, diz que devemos agradecer a Beethoven por muitos riffs famosos do rock e cita sua música Locomotive Breath que, assim como a sinfonia de Beethoven, utiliza apenas quatro notas em seu riff e diz que o compositor alemão foi um rebelde que rompeu os limites estabelecidos em seu tempo.

Rudolf Schenker. Fonte: dw.com

Recomendo que assistam, e não só a esta primeira parte, ao filme. Creio que ao final não teremos dúvida na resposta à pergunta de como seria “Um Mundo sem Beethoven?”, provavelmente seria muito mais entediante do que realmente é.

Ian Anderson. Fonte: dw.com

VÍDEOS


Parte 1: “Haveria Riffs de Rock Sem Beethoven?” (legendas em inglês)


Filme completo (legendas em inglês)


2 comentários sobre ““Haveria Riffs de Rock sem Beethoven?”. Documentário da DW faz esta e outras perguntas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s