O Fantasma do Paraíso

Paulo Fernandes

Fantasma_02

DISCÍPULO DE HITCHCOCK

 Ao longo de toda a obra do diretor Brian De Palma, podemos encontrar referências, algumas bastante evidentes, aos filmes de seu maior ídolo: Alfred Hitchcock.

De Palma construiu sua carreira seguindo o caminho do suspense traçado pelo mestre Hitchcock. Começou sua carreira, com realizações independentes, no final da década de 1960.

Fantasma_14

Brian De Palma em filmagem

Seu primeiro grande sucesso foi “Carrie, A Estranha”, de 1976, adaptação de uma história de Stephen King. Dai em diante, e até hoje, o diretor seguiu alternando filmes excelentes com outros nem tanto. Entre os meus preferidos estão: “Vestida para Matar”, “Dublê de Corpo”, “Os Intocáveis” e “Femme Fatale”.

  

ROCK, CINEMA E LITERATURA

Antes do sucesso de “Carrie”, Brian de Palma realizou em 1974 um filme repleto de referências literárias e cinematográficas e utilizando a música como tema: “O Fantasma do Paraíso”.

Cartaz de 20 anos do filme

Cartaz de 20 anos do filme

Na época o filme passou quase despercebido, mas com o passar do tempo foi ganhando merecidamente o status de “cult”, graças à sua mistura de suspense, comédia e musical.

Resumidamente a história gira em torno de um compositor talentoso e desconhecido (Winslow), um produtor musical inescrupuloso (Swan) e uma cantora promissora (Phoenix).

Winslow (William Finley)

Winslow (William Finley)

 

Phoenix (Jessica Harper)

Phoenix (Jessica Harper)

Os ingredientes que De Palma combina em seu filme:

A lenda de “Fausto” (imortalizada no livro de Goethe) – o contrato irrevogável entre Swan e Winslow para a composição uma cantata rock baseada justamente em Fausto;

Swan (Paul Nicholas)

Swan (Paul Nicholas)

O livro “O Fantasma da Ópera” de Gaston Leroux – após ser sucessivamente enganado por Swan e ser vítima de um acidente que lhe desfigura o rosto, Winslow assume a identidade de Fantasma (com roupa preta, capa e máscara de coruja) e passa a “assombrar” a casa de espetáculos criada por Swan, chamada Paraíso.

Swan e o Fantasma (William Finley)

Swan e o Fantasma (William Finley)

O livro “O Retrato de Dorian Gray” de Oscar Wilde – Swan permanece sempre jovem e “lindo”(??) graças a um pacto feito com o demônio e gravado em fita de vídeo (ao invés de uma tela).

O livro de Mary Shelley, “Frankenstein”, e suas adaptações para o cinema – A “criação” de um monstro do rock: Beef

Beef (Gerrrit Graham)

Beef (Gerrrit Graham)

Quanto às inúmeras referências cinematográficas, duas merecem destaque: a decoração do show de inauguração do Paraíso que remete ao filme expressionista “O Gabinete do Dr. Caligari”, de Robert Wiene, e uma paródia à cena do chuveiro de “Psicose”, de Alfred Hitchcock”, quando o Fantasma ameaça Beef com um desentupidor de pia. Beef é o cantor andrógino que Swan contrata para o papel principal da cantata, que Winslow/Fantasma queria fosse de Phoenix.

The Undeads na inauguração do Paraíso

The Undeads na inauguração do Paraíso

O Fantasma ameaça Beef no chuveiro

O Fantasma ameaça Beef no chuveiro

A música do filme foi composta pelo ator e músico Paul Williams que faz o papel de Swan (irônico!). Um resumo evolutivo do rock é mostrado no filme, que se inicia com um rock típico dos anos 1950, a cargo dos Juicy Fruits, passa pelo pop praiano dos 60s, com os Beach Bums, e vai até o glitter rock (em voga no ano de lançamento do filme) com Beef e os Undeads.

Phoenix na sequência final do filme

Phoenix na sequência final do filme

Se separarmos a obra: a história nem é tão original assim, a música não é nenhuma coisa de outro mundo, a direção não está entre as melhores de Brian De Palma. Porém a soma de tudo resulta num filme divertidíssimo e que sempre dá vontade de rever quando é reprisado na TV.

  

MÚSICAS DO FILME

Estas são as músicas que aparecem no filme e os personagens que as executam.

Goodbye, Eddie, Goodbye – The Juicy Fruits

Faust – Winslow

Upholstery – The Beach Bums

Faust (1º Reprise) – Winslow, Phoenix

Special to Me – Phoenix

Never Thought I’d Get to Meet the Devil – Winslow

The Phantom’s Theme (Beauty and the Beast) – Phantom

Faust (2º Reprise) – Phantom

Somebody Super Like You – The Undeads

Life at Last – Beef

Old Souls – Phoenix

The Hell of It – Swan

Clique na imagem para ouvir e ver:

Fantasma_GV

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s