A “Invasão Britânica” ou Do Blues aos Beatles

Paulo Fernandes

Publicado originalmente em 25/01/2011

Invasão Britânica

O ROCK AND ROLL

Outro dia o Denny me disse “Os americanos podem ter inventado a maioria dos ritmos do rock, mas cabe aos ingleses aperfeiçoá-los”.

Uma coisa é fato e ninguém, nem mesmo anglófilo militante como eu, é doido de negar: o Rock ‘n’ Roll nasceu nos Estados Unidos. O que alguns por vezes querem esconder ou diminuir é que ele nasceu negro. Se não fossem os lamentos dos escravos das plantações do sul dos EUA não teríamos hoje essa coisa multifacetada chamada Rock.

Invasão Britânica_01

No princípio era o Blues rural dos afro-americanos, basicamente um ritmo vocal sincopado. Quando esse blues rural passou a ser acompanhado por uma instrumentação urbana, incluindo a guitarra elétrica, deram-lhe o nome de Rhythm and Blues. E foi o R&B que, em algum momento da década de 1950, rompeu os limites dos guetos negros das grandes cidades dos EUA e tomou de assalto os corações e mentes da juventude branca do país. E foi com o nome de Rock ‘n’ Roll que esse ritmo, negro em sua essência, dominou o panorama musical dos anos 50.

Plantação de algodão no sul dos EUA, berço do Blues

Plantação de algodão no sul dos EUA, berço do Blues

Pioneiros como Fats Domino, Chuck Berry, Little Richard, Elvis Presley, Buddy Holly, Eddie Cochran, Gene Vincent, Jerry Lee Lewis e tantos outros ajudaram a escrever a cartilha básica do Rock.

Tudo ia muito bem, para alegria dos adolescentes e desespero dos pais, até que uma série de fatores se somou para decretar o fim dessa primeira Idade do Ouro do Rock, entre os anos de 1958 e 1961. As mortes acidentais de Buddy Holly, Ritchie Valens e Eddie Cochran; a convocação de Elvis Presley, por 2 anos, para o exército; problemas de Chuck Berry e Jerry Lee Lewis com a justiça; o surto religioso de Little Richard.

O DJ Alan Freed, a quem se atribui o termo Rock and Roll

O DJ Alan Freed, a quem se atribui o termo Rock and Roll

 

Chegou-se a dizer que a moda do Rock ‘n’ Roll havia passado. No vácuo deixado pela ausência dos grandes pioneiros o mercado estadunidense foi dominado por artistas menos talentosos, e o ritmo do sucesso dessa época foi um subproduto do Rock ‘n’ Roll, chamado Twist.

Chubby Checker, principal nome do curto período, dançando Twist

Chubby Checker, principal nome do curto período, dançando Twist

A INVASÃO BRITÂNICA

Mas, para nossa sorte, enquanto os EUA dançavam ao ritmo do Twist um sem número de jovens ingleses estavam montando bandas de rock inspirados, não só nesses pioneiros já citados, mas em fontes mais profundas, antigas e negras do Blues e do Rhythm and Blues.

O Cavern Club de Liverpool no começo da década de 1960

O Cavern Club de Liverpool no começo da década de 1960

Logo esses grupos começaram a sacudir as bases do cenário musical do Reino Unido, e dentre eles se destacaram os Beatles. No período entre 1962 e 1963 os Beatles dominaram a parada de sucessos britânica e abriram caminho para vários outros grupos de rock da ilha.

Invasão Britânica_04

Faltava entrar no mercado dos EUA. O marco inicial da chamada “Invasão Britânica” aos Estados Unidos foi o primeiro 1º lugar dos Beatles nas paradas estadunidenses com I Wanna Hold Your Hand em 1964 e a simultânea primeira turnê do grupo em terras ianques.

Os Beatles no show de Ed Sullivan

Os Beatles no show de Ed Sullivan

O sucesso arrasador dos Beatles nos EUA abriu as portas para outras bandas britânicas, Gerry and The Pacemakers, Rolling Stones, Kinks, Animals, The Who e outras entrarem no mais disputado mercado do mundo. Esse período de 1964 a 1966 ficou conhecido como a primeira onda da Invasão Britânica.

Invasão Britânica_06

 

MÚSICAS

Clique na imagem para ouvir 22 canções dos Beatles do período 1962-1965:

Invasão Britânica

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s