Disco Nota 11: “Fragile” – Yes

Paulo Fernandes

yes_fragile

 

AO INFINITO E ALÉM

“The Yes Album”, disco de 1971, consolidou o som progressivo que marcaria para sempre o Yes. Eles haviam achado seu filão dentro do rock.

yes_fragile_07

Acontece que a dupla fundadora do grupo, Jon Anderson e Chris Squire, queria mais. Eles queriam se tornar a maior banda de rock do mundo e para isso trabalharam com afinco naquele produtivo ano de 1972.

. 

A FORÇA DE “FRAGILE”

O primeiro fruto desse trabalho duro foi o álbum “Fragile”. Concebido em torno de 5 composições individuais (uma para cada membro) e mais 4 coletivas, e aqui está a alma e a força do Yes.

O virtuose Rick Wakeman (ex-Strawbs) entrou no lugar de Tony Kaye e trouxe sua parafernália de teclados diversos. Rick ajudou a encorpar ainda mais a música do Yes e a aproximá-la da música clássica.

yes_fragile_06

Da esq. para dir.: Howe, Squire, Bruford, Anderson e Wakeman

“Fragile” representa dois marcos importantes para o Yes: o primeiro grande sucesso comercial com a canção Roundabout e a primeira (de muitas) capas desenhadas pelo artista plástico Roger Dean. 

As canções coletivas são maravilhosas (tanto que se tornaram presença constante nos shows): a balançante Roundabout, a linda balada Long Distance Runaround e os épicos sinfônicos South Side of the Sky e Heart of Sunrise.

 yes_fragile_05

As músicas individuais servem para mostrar a excelência de cada um dos músicos do Yes:

Cans and Brahms: Rick Wakeman esbanja virtuosismo em sua versão para o 3º movimento da 4ª Sinfonia de Brahms;

We Have Heaven: Jon Anderson harmoniza sua voz de timbre espetacular em várias camadas;

Five Percent of Nothing: Bill Bruford parece antecipar o som que ele faria no King Crimson (ao qual se juntaria em 1974);

The Fish (Schindleria Praematurus): Sons incríveis saídos do baixo de Chris Squire. Faixa irmã siamesa de Long Distance Runaround.

Mood for a Day: Steve Howe apresenta sua técnica refinada ao violão.

 FRAGILE

Pronto, o Yes podia disputar com o Led Zeppelin o posto de maior banda de rock naquele início de década. E eles queriam mais… 

. 

FAIXAS 

Lado 1

1) Roundabout (Anderson/Howe)
2) Cans And Brahms (Brahms, arr. Wakeman)
3) We Have Heaven (Anderson)
4) South Side Of The Sky (Anderson/Squire)

Lado 2

1) Five Per Cent For Nothing (Bruford)
2) Long Distance Runaround (Anderson)
3) The Fish (Schindleria Praematurus) (Squire)
4) Mood For A Day (Howe)
5) Heart Of The Sunrise (Anderson/Squire/Bruford)

. 

MÚSICAS 

Ouça o álbum completo:

Anúncios

Um comentário sobre “Disco Nota 11: “Fragile” – Yes

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s