Jerry Lee Lewis: O Matador

Paulo Fernandes

jerry-lee

.

ROCK NA IGREJA

Desde garoto Jerry Lee Lewis demonstrou seu talento para o piano e para a polêmica. Nasceu na Louisiana em 1935 e sua paixão pela música o levou a participar, desde a infância, dos corais gospel de igrejas pentecostais. Na década de 1950 foi expulso de uma escola religiosa por “apimentar” os cânticos com o então nascente rock and roll.

.

MISTURA EXPLOSIVA

Jerry resolveu seguir carreira artística e embarcou na primeira onda do rock and roll dos EUA. Sua música era uma explosiva mistura de r&b, boogie-woogie, gospel e country. Suas performances ao piano se tornaram memoráveis: tocando com os pés, de costas, em cima do piano numa pirotecnia que enlouquecia a platéia (ele chegou a tocar fogo no piano certa vez). Esse seu estilo lhe valeu o apelido de The Killer (O Matador).

JL2

Na icônica gravadora Sun Records, Lewis emplacou vários sucessos: Whole Lotta Shakin’ Goin’ On e Great Balls of Fire, entre outros.

.

CASADO COM A PRIMA

Tudo ia bem para a carreira de Lewis até que, durante sua turnê pela Inglaterra em 1958, um segredo veio à tona: ele havia se casado com sua prima Myra Gale Brown, que era menor de idade (ela tinha 13 anos ele 22).

Myrna e Jerry

Myra e Jerry

Seguiu-se um escândalo de proporções absurdas, com cancelamento de shows e que acabou por relegar Lewis a um imerecido ostracismo. Com a imagem abalada nos EUA, Lewis foi pouco a pouco recuperando seu prestígio na Europa durante a década de 1960.

Após sua separação de Myra, já na década de 1970, Lewis afundou no álcool e nas drogas e protagonizou problemas policiais envolvendo outra de suas paixões: as armas de fogo.

Jerry-Lee-Lewis

Apesar da propensão de Lewis para a confusão, seu talento e sua influência para o rock são inquestionáveis e O Matador continua na ativa fazendo shows pelo mundo afora.

. 

MÚSICAS

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

Anúncios

Um comentário sobre “Jerry Lee Lewis: O Matador

  1. Obrigado, pessoal pedra 90. Vai direto para meu E.mail 2015/168, deste domingo=21/06. Ao lado de Little Richard, Chubby Cheker e Bill Halley foram minhas diretrizes musicais nas décadas de cinquenta/sessenta. Diretamente do meu KAVERN CLUB PASTINHA’S, recebem um grande abraço super-roqueiro.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s