Disco Nota 11: “Deserter’s Songs” – Mercury Rev

Paulo Fernandes

 mercury-rev_00

.

VEJA O MELHOR DISCO DA DÉCADA

Talvez eu nunca ouviria o Mercury Rev se não fosse pelo meu amigo Robson.

Ele leu uma crítica extremamente elogiosa na revista Veja, eu já havia caído em umas roubadas da revista anteriormente e estava escaldado, sobre o disco “Deserter’s Songs”, de 1998, da banda estadunidense Mercury Rev. Segundo o Robson me disse, descontando seu bom humor em exagerar alguns fatos, a crítica colocava esse disco como o melhor da década, quiçá do século.

mercury-rev

Ele não achou a tal “oitava maravilha do mundo” em nenhuma loja de Goiânia e precisou encomendá-lo. Após uma longa e ansiosa espera, o CD finalmente chegou. Porém a euforia do meu querido amigo logo deu lugar a uma grande frustração, pois ele não gostou nem um pouquinho do que ouviu.

Encontramo-nos logo em seguida, ele me perguntou se eu queria escutar o disco e, caso eu gostasse, poderia ficar com o CD, caso contrário seu destino seria o lixo. Peguei, escutei e gostei muito. Salvei uma obra musical, bastante peculiar, da lata de lixo.

.

PEÇA ÍMPAR DA MINHA COLEÇÃO: “DESERTER’S SONGS”

O interessante é que, apesar de gostar muito desse disco, eu que não conhecia nada do Mercury Rev antes de ganhar o disco, muito pouco sei sobre a banda depois do episódio narrado acima. Escutei algumas músicas de outros discos deles, mas nada que me entusiasmasse tanto.

mercury-rev_02

Dessa maneira, se eu começasse aqui a discorrer sobre a banda e sua música isso soaria completamente falso. Só sei que gosto muito de “Deserter’s Songs”, seus climas, sua sonoridade meio progressiva, meio psicodélica, meio sei-lá-o-quê, seus sons viajantes, e por vezes fantasmagóricos, de teclados e outros aparatos eletrônicos, umas intervenções bem colocadas de metais e, acima de tudo, belas melodias.  Um disco único.

Aconselho que escute todas as faixas. Só tem paciência para algumas? Então: Goddess on a Hiway, Opus 40, Delta Sun Bottleneck Stomp e Holes.

Bem que poderiam ter colocado uma capa mais interessante para um disco tão bom.

Obrigado Robson!!!

.

FAIXAS

Todas as faixas compostas por Mercury Rev

01) Holes
02) Tonite It Shows
03) Endlessly
04) I Collect Coins
05) Opus 40
06) Hudson Line
07) The Happy End (The Drunk Room)
08) Goddess on a Hiway
09) The Funny Bird
10) Pick Up If You’re There
11) Delta Sun Bottleneck Stomp
(+ faixa instrumental escondida)

.

MÚSICAS

Ouça o álbum completo (em lista de reprodução):

.

ou no filme “Deserter’s Songs”:

Anúncios

3 comentários sobre “Disco Nota 11: “Deserter’s Songs” – Mercury Rev

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s