Traveling Wilburys: O divertido encontro de cinco estrelas do rock

Tudo começou durante as gravações do álbum “Cloud Nine” (1987) de George Harrison. Ele e o co-produtor do álbum, Jeff Lynne, tiveram a ideia de chamar outros músicos amigos para montar uma banda: Roy Orbison, sugestão de Lynne, e Bob Dylan, escolha de George. Escolheram até o nome: Traveling Wilburys, nascido de uma brincadeira entre os dois durante as gravações em que George disse a Jeff que os defeitos seriam escondidos na mixagem: “We’ll bury ‘em in the mix.”

Bob Dylan, Jeff Lynne, Tom Petty, George Harrison e Roy Orbison.

Em abril de 1988, George estava trabalhando em uma música nova, Handle with Care, que seria o lado B de mais um do single do álbum “Cloud Nine”:  This Is Love. As gravações seriam realizadas no estúdio caseiro de Bob Dylan em Malibu, George convidou Lynne para ajuda-lo e Orbison para assistir. Por algum motivo, Tom Petty acabou sendo convidado a assistir também.

O que aconteceu é que todos estes convidados acabaram por ajudar George a terminar a canção. O resultado ficou tão bom que a gravadora não a quis colocar no single e os cinco amigos resolveram gravar um álbum a partir de Handle with Care.

O primeiro álbum foi gravado em um período de 10 dias, em maio de 1988, e lançado em novembro do mesmo ano, com o nome de “Traveling Wilburys Vol. 1”.

A diversidade musical entre os membros, cada um com estilos distintos, ao invés de tornar o resultado confuso, foi o ponto alto do álbum graças ao clima fraternal e de cooperação entre eles.

Por brincadeira cada um adotou um pseudônimo:

  • Nelson Wilbury – George Harrison
  • Otis Wilbury – Jeff Lynne
  • Lefty Wilbury – Roy Orbison
  • Charlie T. Wilbury, Jr. – Tom Petty
  • Lucky Wilbury – Bob Dylan

Em dezembro de 1988, Roy Orbison sofreu um ataque cardíaco e morreu. Os amigos ficaram consternados e era justamente quando sua carreira havia tomado um novo impulso graças ao projeto “Wilbury”. No clipe da música End of the Line, foi feita uma homenagem a ele: sua guitarra aparecia sobre uma cadeira quando de suas participações vocais na música.

Em março de 1990, os quatro remanescentes se reuniram para gravação do segundo álbum. Em mais uma brincadeira de George, o álbum foi chamado de “Traveling Wilburys Vol. 3” e lançado em outubro de 1990. Durante algum tempo eu procurei pelo Vol. 2, obviamente sem sucesso, até entender que ele não existia.

Novos pseudônimos foram adotados:

  • Spike Wilbury – George Harrison
  • Clayton Wilbury – Jeff Lynne
  • Muddy Wilbury – Tom Petty
  • Boo Wilbury – Bob Dylan

Infelizmente não houve continuidade do projeto após o lançamento do segundo álbum e uma sonhada turnê acabou não acontecendo.

As capas dos dois álbuns dos Wilburys.

MÚSICAS


Handle with Care

End of the Line

She’s My Baby

Inside Out

Wilbury Twist

Last Night

Runaway

Not Alone Anymore

If You Belonged to Me

Dirty World

Nobody’s Child

Poor House

3 comentários sobre “Traveling Wilburys: O divertido encontro de cinco estrelas do rock

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s