Disco Nota 11: “Chronicle” – Creedence Clearwater Revival

Pedro César Fernandes

Chronicle_00

 

.

UMA BOA COLETÂNEA

Digo que as coletâneas são uma boa porta de entrada ao universo musical de determinado grupo ou artista. Se a seleção e disposição das músicas são bem feitas, isso nos leva a querer aprofundar e ouvir mais coisas do objeto em questão. Pode ocorrer o contrário também: nenhum disco de linha é suficientemente bom que valha a pena comprá-lo, ai você fica torcendo para que seja lançada uma coletânea com as melhores músicas.

 .

 C.C.R.

 Conheci o Creedence Clearwater Revival quando tinha 17 anos. Estava em Vitória, passando uma temporada na casa da minha tia Maria e fui apresentado à banda pela minha prima Penha. Foi amor à primeira audição.

Chronicle_02

 As músicas do Creedence são o rock mais expressivo que já ouvi: as guitarras, a bateria, os vocais são incomparáveis. Como o grupo surgiu em plena guerra do Vietnam suas músicas se tornaram hinos anti-guerra, retratando o pesadelo e sofrimento dos que se envolveram no conflito (ex: Run Through the Jungle e Fortunate Son).

 .

 CHRONICLE   

 Green River, Born on the Bayou e outras músicas me conquistaram e passei a comprar os discos, mas eu notei uma coisa: nos discos do Creedence haviam só 2 ou 3 músicas boas, razão esta porque considero a coletânea “Chronicle” (álbum duplo), de 1976, o melhor disco do grupo. A versão completa de Suzie Q. é antológica e todas as músicas são boas.

Chronicle_01

 Posteriormente foi lançada outra coletânea dupla, “Chronicle – Vol. 2”, 1986, bastante inferior à primeira. Por isso recomendo: se você não tiver nenhum disco do Creedence comece com “Chronicle”, depois, se for o caso, faça como meu irmão Paulo e vá adquirindo os discos de linha do grupo e descubra pérolas escondidas.

FAIXAS

Todas as músicas de John Fogerty, exceto as indicadas.

.

Lado 1

1) Suzie Q.  (Dale Hawkins, Stan Lewis, Eleanor Broadwater)
2) I Put a Spell on You (Screamin’ Jay Hawkins)
3) Proud Mary
4) Bad Moon Rising
5) Lodi

Lado 2

1) Green River
2) Commotion
3) Down on the Corner
4) Fortunate Son
5) Travelin’ Band

Lado 3

1) Who’ll Stop the Rain
2) Up Around the Bend
3) Run Through the Jungle
4) Lookin’ out My Back Door
5) Long As I Can See the Light

Lado 4

1) I Heard It Through the Grapevine (Norman Whitfield, Barrett Strong)
2) Have You Ever Seen the Rain?
3) Hey Tonight
4) Sweet Hitch-Hiker
5) Someday Never Comes

 

.

MÚSICAS

.

Ouça o álbum completo:

2 comentários sobre “Disco Nota 11: “Chronicle” – Creedence Clearwater Revival

  1. Discordo com veemência. Todos os discos do grupo são muito bons. É o caso de uma discografia par se ter completa. Mas não me entenda mal. Comecei com Chronicle Volumes 1 e 2.

    Curtir

    • Oi Eduardo,

      Concordo com você: “Green River”, “Cosmo’s Factory”, “Willie and the Poor Boys” e “Pendulum” seriam tranquilamente Nota 11 se eu fosse escrever. Mas meu irmão Pedro gosta de tudo junto e eu não desisto de mostrar pérolas escondidas para ele, do Creedence e de outros, fazendo o caminho inverso (já que foi ele quem me ensinou a gostar de rock). Obrigado por sua participação no blog!!!

      Curtir

Deixe uma resposta para Paulo Fernandes Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s