The Jesus & Mary Chain: microfonia melódica

Paulo Fernandes

 J&MC_CP

.

PÊNALTIS PERDIDOS

Copa do Mundo de 1986. O Brasil de Telê Santana estava com praticamente o mesmo time que havia encantado o mundo na Copa de 1982 com seu futebol-arte (coisa tão distante nos dias de hoje).

J&MC_02

O goleiro Bats defende pênalti cobrado por Zico ainda no tempo normal de jogo.

Jogo decisivo de quartas-de-final contra a seleção francesa. Empate no tempo regulamentar e na prorrogação. Vamos para a disputa por pênaltis. Meu coração ansioso não aguentaria assistir. Fui para o meu quarto e coloquei o disco “Psychocandy” do Jesus & Mary Chain na maior volume, de tal forma que não conseguiria ouvir o som das televisões ou dos gritos de gol. Daria para ouvir o espocar dos fogos de artifício, mas este ninguém ouviu naquele dia, pois o Brasil errou 2 vezes e foi derrotado.

.

CAMADAS DE MICROFONIA

Por que justamente o disco do Jesus & Mary Chain? Porque eu ainda estava num misto de deslumbramento e confusão com o primeiro álbum dessa banda escocesa lançado em 1985 e também porque o ruído, de guitarras distorcidas e repletas de microfonia a permear todo o disco, não daria chance de nenhum outro som disputar espaço nos meus ouvidos.

Os irmãos Reid

Os irmãos Reid

Concebido pelos irmãos William e Jim Reid, por volta de 1983, o Jesus & Mary Chain logo começou a causar impacto em Glasgow e, posteriormente, em Londres. Em 1985 com o lançamento de “Psychocandy”, os irmãos Reid foram saudados pela imprensa como gênios.

Belos vocais e ternas melodias cobertas por inúmeras camadas de microfonia e eletricidade. Por baixo da zoeira percebia-se a beleza de músicas como Just Like Honey e Cut Dead. Melodias que evocavam tanto Velvet Underground quanto Beach Boys.

. 

O DESAFIO DO SEGUNDO ÁLBUM

Tudo bem que a cacofonia roqueira resgatada pelo TJ&MC no seu primeiro álbum foi surpreendente e agradou público e crítica, mas agora todos se perguntavam: esse esquema sobreviveria a um segundo álbum?

J&MC_03

 

Foi aí que o grupo surpreendeu novamente ao lançar um disco despido das camadas de ruídos e com os vocais tendo maior destaque que as guitarras, o espetacular “Darklands” de 1987. E mais uma vez a crítica e o público amaram. Era possível agora apreciar as melodias, os vocais e as letras, estas impregnadas de melancólico lirismo.

Depois de “Darklands” o TJ&MC, lançou ótimos discos, mas que soam muito parecidos com seus dois primeiros álbuns, que são, com certeza, indispensáveis.

. 

MÚSICAS

Anúncios

Um comentário sobre “The Jesus & Mary Chain: microfonia melódica

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s