Memórias, Momentos e Músicas: Chico Buarque – “Apesar de Você”

AdV_04

Eu jamais poderia imaginar que, passados 40 anos de sua liberação definitiva, a canção Apesar de Você de Chico Buarque voltasse a se encaixar na realidade social e política do Brasil.

HISTÓRICO

Chico compôs a música, em 1970, em sua volta ao Brasil após seu autoexílio na Itália e ao se deparar com a dura situação de falta de liberdade, censura, tortura e desparecimento de pessoas contrárias ao regime ditatorial do general-presidente Emílio Médici. Apesar de sua crítica contundente à ditadura militar, a canção passou pela censura oficial, que a entendeu como um samba que descrevia uma briga de namorados, e foi lançada em compacto.

AdV_01

Logo ela caiu nas graças de uma parcela da população que captou sua mensagem nas entrelinhas e a cantava como um hino anti-ditadura. “Ôpa, há algo errado aqui!”, pensaram os obscurantistas. Em 1971 a canção foi proibida, as cópias em vinil restantes foram recolhidas. E Chico sofreria, daí em diante, marcação cerrada da censura.

Em 1978, com o processo de “abertura leeeeentaaaa e gradual” do general-presidente Ernesto Geisel, Apesar de Você pode ser gravada novamente e lançada no álbum homônimo de Chico Buarque daquele ano. Foi esta a versão que os amantes da liberdade e da democracia – entre eles: eu e minha mãe – pudemos cantar a plenos pulmões  com a vontade de abreviar ao máximo aquela situação de exceção e que a liberdade – hoje ameaçada de novo – voltasse, o mais cedo possível, a abrir suas asas sobre nós.

AdV_05

Chico Buarque e outros artistas em passeata contra a ditadura em 1968

COM A PALAVRA: CHICO BUARQUE

Cantemos com Chico!

Amanhã vai ser outro dia
Amanhã vai ser outro dia
Amanhã vai ser outro dia
.
Hoje você é quem manda
Falou, tá falado
Não tem discussão, não
A minha gente hoje anda
Falando de lado e olhando pro chão, viu?
Viu?
Você que inventou esse Estado
Inventou de inventar
Toda escuridão
Você que inventou o pecado
Esqueceu-se de inventar o perdão
.
Apesar de você
Amanhã há de ser outro dia
Eu pergunto a você onde vai se esconder
Da enorme euforia?
Como vai proibir
Quando o galo insistir em cantar?
Água nova brotando
E a gente se amando sem parar
.
Quando chegar o momento
Esse meu sofrimento
Vou cobrar com juros. Juro!
Todo esse amor reprimido
Esse grito contido
Esse samba no escuro
.
Você que inventou a tristeza
Ora tenha a fineza
De “desinventar”
Você vai pagar, e é dobrado
Cada lágrima rolada
Nesse meu penar
.
Apesar de você
Amanhã há de ser outro dia
Ainda pago pra ver
O jardim florescer
Qual você não queria
.
Você vai se amargar
Vendo o dia raiar
Sem lhe pedir licença
E eu vou morrer de rir
E esse dia há de vir
antes do que você pensa
Apesar de você
.
Apesar de você
Amanhã há de ser outro dia
Você vai ter que ver
A manhã renascer
E esbanjar poesia
.
Como vai se explicar
Vendo o céu clarear, de repente
Impunemente?
Como vai abafar
Nosso coro a cantar
Na sua frente
Apesar de você
.
Apesar de você
Amanhã há de ser outro dia
Você vai se dar mal, etc e tal
La, laiá, la laiá, la laiá…
AdV_03

Álbum “Chico Buarque” de 1978

VÍDEOS

Versão de 1978:

Fonte: canal Youtube de Rodrigo Valim


Chico e MPB4 em 1971:


   

3 comentários sobre “Memórias, Momentos e Músicas: Chico Buarque – “Apesar de Você”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s