Disco Nota 11: “Please Please Me” – Beatles

José Maurício

Please Please Me_00_c

 

Um dos principais capítulos da história do rock (como conhecemos hoje com todas as suas vertentes, não apenas rock’n’roll) começou a ser escrito no dia 11 de fevereiro de 1963 quando os Beatles entraram no estúdio da EMI para gravar seu primeiro Long Play. Em pouco mais de onze horas foram gravadas dez das quatorze músicas que compõem o álbum. As outras quatro já estavam gravadas e haviam sido lançadas em dois compactos simples (ou single de duas músicas cada, como diríamos hoje): Love Me Do/P.S. I Love You (lançado em 1962) e Please Please Me/Ask Me Why (lançado em janeiro de 1963).

A gravação do álbum. O produtor George Martin aparece de costas.

A gravação do álbum. O produtor George Martin aparece de costas.

Como Please Please Me subia rapidamente nas paradas, a gravadora encomendou com urgência um Lp para aproveitar o sucesso do compacto. O álbum foi gravado ao vivo no estúdio (quer dizer que todos tocavam seus instrumentos ao mesmo tempo e pouca coisa foi adicionada depois).

Foram escolhidas oito composições próprias (Lennon/McCartney) mais seis covers pertencentes ao repertório tocado de seis a oito horas por noite, quando excursionavam em Hamburgo.

Please Please Me_01

O disco começa com I Saw Her Standing There, composta por Paul para sua namorada de 17 anos Iris Caldwell que o impressionou ao dançar twist em New Brighton e “lapidada” por John. A linha de baixo McCartney confessa ter tirado de I’m Talking About You (Chuck Berry). Até hoje, um grande rock.

Misery foi escrita para a cantora Helen Shapiro, mas dispensada por seu produtor. Anna (Go to Him), sucesso de Arthur Alexander ganhou uma marcante interpretação de Lennon, com muito sentimento. Chains e Boys foram gravadas originalmente por grupos vocais femininos que Paul e John adoravam (talvez daí o tamanho capricho nas vocalizações, uma marca Beatle). Ask Me Why e Please Please Me eram do segundo compacto lançado e como esta última já era sucesso, foi escolhida para nomear o álbum.

Please Please Me_03

O lado B é aberto com as duas músicas do primeiro single Love Me Do e P.S. I Love You. A gravação de Love Me Do encontrada no LP é diferente, tendo como baterista Andy White, com Ringo no tamborim. Baby It’s You é outra regravação de um grupo vocal feminino americano (Shirelles) aproveitada para o disco.

Do You Want to Know a Secret é basicamente de John com letra inspirada na conversa que Branca de Neve – do desenho de Walt Disney – tem com pombos ao tirar água do poço (https://www.youtube.com/watch?v=ZQE3zZyOdUY ) ou seja, na canção de de Morey e Churchill I’m Wishing que começa assim: “Wanna know a secret?/ Promise not to tell?/We are standing by a wishing well.” Quem canta é George Harrison.

 Please Please Me_02

A Taste of Honey é a única música no álbum a ter uma voz dobrada, no caso a de Paul. Em There´s a Place, Lennon e McCartney se inspiram nos artistas da Motown e em uma música que faz parte da peça “West Side Story” chamada There’s A Place For Us.

Ao final, uma música que põe fim a qualquer voz, gravada por último e em apenas uma tomada: Twist and Shout, sempre deixada como a última música do show pelo mesmo motivo. É pura vibração, puro rock!

. 

CURIOSIDADES

*A foto da capa foi tirada na sede a EMI em West End, Londres por Angus McBean.

*O mesmo lugar – com o mesmo ângulo e anos mais tarde – foi usado na foto para o projeto “Get Back”, abandonado pelos Beatles e lançado como “Let it Be”.

A capa de "Get Back"

A capa de “Get Back”

*A foto foi aproveitada para a coletânea dupla com a capa azul (“The Beatles 1967/1970”), tendo como contracapa uma foto da seqüência de “Please, Please Me”.

*A coletânea dupla com capa vermelha possui a capa trocada com a contracapa.

*A expressão please, please me pode ser traduzida como “por favor, me agrade” ou “por favor, me dê prazer”. Era o primeiro trocadilho de John.

*Compare o baixo de Paul e o de sua inspiração em:

https://www.youtube.com/watch?v=l2i8Z-c35y4

FAIXAS 

Todas as músicas compostas por Lennon e McCartney, exceto as indicadas. 

Lado A

1) I Saw Her Standing There
2) Misery
3) Anna (Go to Him) (Arthur Alexander)
4) Chains (Gerry Goffin, Carole King)
5) Boys (Luther Dixon, Wes Farrell)
6) Ask Me Why
7) Please Please Me

Lado B

1) Love Me Do
2) P.S. I Love You
3) Baby It’s You (Mack David, Barney Williams, Burt Bacharach)
4) Do You Want to Know a Secret?
5) A Taste of Honey” (Bobby Scott, Ric Marlow)
6) There’s a Place
7) Twist and Shout (Phil Medley, Bert Russell)

MÚSICAS

Ouça o álbum completo em lista de reprodução:

Anúncios

Um comentário sobre “Disco Nota 11: “Please Please Me” – Beatles

  1. SERÁ MEU E.MAIL 2015/042.1, DESSE DOMINGO=15/02. Tenho a revista DOCUMENTO BEATLES nº 36-A, da SOM-TRES, que analisa cada disco, faixa por faixa, de toda a Discografia BEATLES, Inglesa, Americana e Brasileira. Com nomes diferentes (e algumas músicas trocadas), este disco saiu na Inglaterra em 22/03/63, nos EUA em 22/07/63 e no Bananão em ??/03/64. Favor publicar algo sobre um conjunto francês (?) chamado CAFÉ CREME que lançou o LP=DISCO MAGIC – SINGLE, nº052.61434Z, em 1977, contendo dois pot-pourri com dezenas de músicas dos BEATLES. TENHO O DISCO, que não traz nenhuma ficha técnica. Grande abraço, agradecidíssimo, deste Velho/73 Comendador Pastinha, confinado, voluntariamente, no meu KAVERN CLUBE, da nossa Santana das Antas.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s